Início > Artigos > Vem ai, mais uma Banlist..

Vem ai, mais uma Banlist..

_________________
Dae Galera de boa?
Depois de algum tempo sem escrever nada me veio uma vontade de falar sobre a lista de banidas.
_______________
O terror de todos os players se aproxima novamente, e com ela milhares de spoilers, chutando aquilo que pode acabar com a vida de duelistas de muitas pessoas, eu particularmente acho isso a maior viadagem do mundo, mas sempre tem gente que abandona o jogo no pós lista.
Melhor do que muitos entendo a frustração de ser pego por ela, já perdi muitos decks por causa dessas fdp. E eu sempre penso que a lista é algo para movimentar o comércio das cartas, que atinge praticamente só os players hardcore do Yu-Gi-Oh!
Vou explicar meu ponto de vista:
Você que é um meta hater, só é um meta hater por três motivos.
_______________
1- Não tem grana para fazer um deck meta, ai quando joga praticamente só leva na cara deles.
2- Você pode ter grana, mas ainda é daqueles que prezam pela originalidade dos decks e que o coração das cartas e o baralho do seu avô venceria qualquer meta em um duelo.
3- Você é um noob.
_______________
Então por qualquer que seja o seu motivo, você torce para que a lista ferre esses decks, por que de qualquer forma você não usa eles, e pelo menos uma vez quer rir da cara de quem gastou dinheiro fazendo esses decks. Falando o quanto eles são otários gastando grana comprando essas cartas caras, enquanto agora depois de uma cara do lançamento delas você pode compralas por 1/4 do preço.
Agora você não precisa ser um meta hater para não jogar de decks metas, eu compreendo perfeitamente que muitas pessoas não tem como montar um deck mais forte, por isso jogam com o que pode, e muitas vezes tem ótimos resultados, por que apesar de faltar condições sobra conhecimento, e ainda assim você pode ser um ótimo player. Ou por qualquer outro motivo que faça você não jogar de metas isso não faz de você um meta hater, por que ainda assim você compreende que os decks são os melhores.
Agora quando você é um player hardcore, só restam poucas opções:
_____________
1- Mudar de deck, gastar grana para montar um novo formato de meta.
2- Ser aquele brasileiro que não desiste nunca e tentar provar para todo mundo que mesmo com seu deck abalado, você ainda é o fodão e pode bater de frente com qualquer meta novo que surgir.
3- Virar um meta hater, abandonar o jogo ou alguma estagnar-se ou coisa assim.
Estou falando isso unicamente para caras que se mantém jogando em campeonatos, e não apenas for fun, com certeza o bom e velho for fun, foda-se o deck que você usa, você pode se divertir como o próprio nome diz, pode ganhar 9 de 10 duelos contra decks metas e etc mas isso não significa absolutamente nada num campeonato, seu deck for fun que venceu todos esses duelos contra metas, não tem a menor chance num campeonato, por que lá o bagulho é mais embaixo hahaha
______________
Fazendo essa introdução a temática da lista de banidas vou falar do meu foco real nesse texto. EU NÃO MUDARIA ABSOLUTAMENTE NADA NESSA LISTA!
Falo isso unica e exclusivamente para temas e decks, não à cartas, por exemplo se Dark Hole for banido, foda-se. Facilmente substituido, ou qualquer outra staple. Tirando isso não cortaria nem diminuiria nada a força dos decks que estão jogando no momento. Se eu fosse responsável pela lista eu me preocuparia em recuperar decks que já foram bons, para aumentar as opições, ao invéz de afunilar ainda mais o jogo em apenas 2, 3 decks.
Por exemplo eu traria de volta dos banidos Rescue Cat, ele daria um UP muito grande em alguns decks, Já que mexeram tanto em Lightsworn eu daria um jeito de botar ele nas paradas definitivamente. Zombie batendo de volta, e qualquer outro deck que já se ferrou e ainta teria condições de bater de frente com os decks de hoje. Ai você me diz, “Cala a boca Anzini, pensa na bagunça que o jogo vai ficar!”
Quando que eu me imaginei jogando com Dark Hole, Monster Reborn, BLS juntos NUNCA. Com 3x Mystical Space, 3x Call of The Haunted e outras que quando podiam uma só todo mundo queria por mais no deck e agora que podem muitas vezes não usam por que não fazem mais tanta diferença.
Uma bagunça já está praticamente, se ficar pior depois de 6 meses bane tudo de volta, afinal é pra isso que serve a BanList.
Ou diferente disso de trazer coisas de volta, eu manteria o formato exatamente como está jogando.
Agora foi a temporada de nacionais pelo mundo e continentais etc, preste a atenção na quantidade de decks que poderiam vencer esses campeonatos, e quantos decks diferentes venceram ao redor do mundo:
_________
Inzektor
Wind-Up
Dino Rabbit
Chaos Dragon
Six Samurai
Final Countdown
Chain Burn
Dark World
HERO
Hieratic
_________________
Esses são apenas alguns exemplos, por que limitar Inzektor Hornet? Ou Rescue Rabbit? Ou Red-Eyes Darkness Metal Dragon? Ou mesmo qualquer outra carta chave de qualquer outro deck se NENHUM deles é soberano, em um contro direto de qualquer um desses decks um contra o outro o vencedor vai ser definido pelo side, pela sorte, e pela experiência. A lista sempre da uma bica nos decks que ganham de mais, e nesse caso não vejo um alvo só, qualquer coisa que eles mexam ai pode desbalancear muito o jogo, então controle a velocidade com outras cartas, mas não na tematica, ia ser muito mais divertido ter cada vez mais opições boas para ganhar, quem sabe um dos seus for fun não ganharia força novamente contra um desses, ao invez de um desses virar for fun.
_______________
Categorias:Artigos
  1. julho 17, 2012 às 1:18 pm

    Eu achando que ia ser um post decente sobre especulações da banlist, e m,e deparo com um teto feito pra aumentar o ego de quem tem dinheiro, e tentar diminuir os que não têm dinheiro suficiente pra ser ”hardcore” que nem vocês. Esse blog decaiu muito mesmo.

    • julho 17, 2012 às 7:48 pm

      Acho que ninguém está tentando aumentar o ego de ninguém, e sim falando da realidade, e da precária condição de construção de deck de quem não tem grana, é osso

      • julho 17, 2012 às 10:10 pm

        Não foi o que o redator que postou o texto me pareceu tentar transmitir aos leitores, ao escrever o que escreveu.

  2. julho 17, 2012 às 1:25 pm

    O negócio da lista não é banir decks soberanos, é baixar a bola de decks que com uma piscadela derrubam 30, 40 decks metas,anti-metas ou qualquer coisa assim… Yugioh ja tem uma grande variedade de arquetipos e combos pra ter só uma dúzia de decks no top… Eu particularmente tenho 1 desses decks aí da lista de tops pelo mundial e tô pensando em montar outros 2 , mas realmente acho muito tenso jogar com decks tipo meu frog lancer contra chaos dragon que enfiam 3, 4 dragões com 2500atk+ brincando e se vc mata um lightpulsar da vida vem outro problema maior… Não é triste vc gastar 1000$ em um deck e ele ser banido na lista seguinte, o triste é 40 papeis impressos custarem 1000$ e que vão valer 1000$ só por 6 meses, acho que a putaria está bem aí…… Fico puto quando jogo com decks tipo Gusto ou Ojama, mesmo que 4fun eu n consigo nem respirar encima de decks que abusam de destruição por efeito, pq a maior discussão hj em dia no yugioh é a dualidade entre “playboy que pode pagar 200 conto num rescue rabbit” e o “n00b que joga com deck meta antigo/deck ~ruim~ que reclama do playboy” … Putaria é proibir goyo guardian, black whirlwind e rescue cat, nisso eu concordo plenamente, pq talvez decks synchros estariam pau a pau com decks metas atuais, só que os enfins não são quem teve ideia de montar um deck legal, é quem tem bom gosto em gastar muito dinheiro em certo arquetipo, mudar 2 ou 3 cartas do padrão e nego pagar pau como se fosse outro deck… Eu apoio darem uma mexida no coelho ou na libélula ou na pulsação da luz -qq (não necessariamente banir, mas dar uma segurada nos semi-limitados ou limitidaos, só pra dar mais chances pra decks que hj são mais tosquinhos no sentido de pouco suporte ou suporte não suficiente p baterem de frente com esses caras)… Pq é foda lançar 108 cards por booster e só 20 prestarem e o resto ser quase que completamente obsoleto a vida inteira

    • julho 17, 2012 às 1:46 pm

      Nao eh uma opiniao igual a minha mas eu concordo com grande parte.

  3. alguem
    julho 17, 2012 às 1:33 pm

    Deck meta é o pior deck do jogo, só usados por aqueles sem criatividade

    • Lucas Nogueira
      julho 17, 2012 às 11:12 pm

      pode ser menos divertido, mais em campeonatos de alto nível não a como não jogar com um deck desses que o Anzini (prefiro o chaos dragon)falou pois seus adversários usaram um deck desses contra voce e tem que combater fogo com fogo, não a como um deck fun vencer um deck totalmente equilibrado e montado como os meta!

  4. Anzini
    julho 17, 2012 às 1:38 pm

    Desculpa cara mas nao tem nada a ver com ego e muito menos com dinheiro. Eh um post que critica os meta haters, defende a permanencia dos decks atuais e torce para que antigos decks bons voltem. Resumindo eh isso.

  5. julho 17, 2012 às 1:46 pm

    Mais é só rolar um post que ja tem noob enchendo o saco!! porra pivete se não gosta vai ver o blog do “mais você” la vai. Aqui o pessoal produz material pra todo mundo, porra o kra se empenha em fazer um texto bacana pra chegar um zé qualquer e falar besteira sendo que nem entendeu do que se trata o texto!! Já foi o tempo que precisava ser rico pra montar deck, hoje com um deck de chaos dragon que porra é deck estrutura, o cara consegue ganha YCS por ai. A o yugi ta caro? vai joga peca porra e para de reclama!! Tem muita gente ae que economiza meses pra fazer um deck bacana e nem por isso é milionário. Ao invés de criticar o card game, faz algo pra melhorar, incentivar o jogo no país. Mais tenho certeza que o anzini nem vai ligar pra esse comentário ae do kra, por que o pessoal que acessa o blog é muito melhor que isso. PARABÉNS PELO POST anzini, e esperamos que o cardgame continue equilibrado. Ainda mais agora que todas as cartas top estão saind o em lata.

    • _MoNo_
      julho 17, 2012 às 4:34 pm

      Kk…Banlist, ainda to rindo da parte do vai jogar peca…nao consigo comentar agora uhsuahuhsa

    • matheus
      julho 17, 2012 às 7:30 pm

      Apoiado ! E é verdade a Konami ta lançando só carta sinistra nas latas!

  6. Kaio
    julho 17, 2012 às 2:18 pm

    O problema de os “antigos decks bons” voltarem, e q se eles vierem cm um apoio para baterem de frente cm deck do meta game ATUAL, o meta também vai ganhar força.
    Não existe nada inovador no yugi hj em dia. São “copias” de arquetipos antigos com força reduzida. Se os decks que eram bons voltarem, esses metas de HJ vão ficar mais fortes se usarem os apoios dos decks que já foram meta.
    Se decks que hj são for fun ficarem fortes pela lista, os meta de hj também vão ficar. Ou seja, vai da na mesma… x.x

  7. o.o
    julho 17, 2012 às 2:22 pm

    cara é meu sonho e de quase 90% dos jogadores e também o mas sensato a se fazer é que eles dessem uma força pra esse decks tier 2 aqui no tcg:bw,ls,gb,infernity,plant etc …
    a konami ta mudando o pensamento dela quanto a banlists isso é muito bom. só ler aquele artigo deles explicando a ultima banlist que da pra ver isso que eles tão realmente mudando o pensamento deles.

    Acho que além de aumenta a força dos decks tier 2 tem que diminuir a força dos decks tier 1 ex:inzek(hornet a 2),rabbit(laggia a 1 talvez assim como foi feito com o shi en),wind-up: shark ou zenmaity a 2,chaos dragon :five headed dragon banido (isso acabaria com o famoso future fusion = gg.

  8. julho 17, 2012 às 4:18 pm

    Anzini, gostaria de uma opinião sua: Você acha que Tour Guide vai a 2, a 1, ban, ou vai ficar como está agora? Pq eu estou fazendo um deck que vai 3 Tour, e penso em colocar só 2 (e substituir a 3ª por um Tour Bus), primeiro pela versatilidade da carta, segundo pelo preço, e terceiro pela banlist

    • julho 17, 2012 às 5:13 pm

      Entao cara eu acho q vai a dois. Eh complicado chutar mas penso q sim, se acontecer tour bus vai ser uma otima pedida ja q faria ativar o efeito da tour guide duas vezes, uma com sangan outra com bus, praticamente como eh com 3 soh q mais zicado hehe. Mas do jeito que sao as listas num da pra ter certeza.

  9. Jefferson
    julho 17, 2012 às 4:23 pm

    A real é: muitos só pensam em ferrar com decks que odeiam, sem pensar em equilíbrio, Todos pensam em matar o REDMD, o Hornet, o Hunter, quando todos nós sabemos que não existe um “quick dandy” da vida ganhando tudo pra banirem tudo de bom do deck, todos os noobs (sim, você, noob) só querem saber de que o mundo tem que se adaptar ao seu deck e só pensa em culpar aqueles que lhe mostram a verdade, pra ter equilíbrio seria necessário limitações estratégicas (Dragonfly, eclipse wyvern, lightpulsar, zektkaliber, wind up factory e rat, entre outros dos outros decks), mas nada que mate o deck (plants, lumina, JD, mind master), estamos esperando konami, não nos decepcione…

  10. Django
    julho 17, 2012 às 4:59 pm

    Banlist é o verdadeiro tiro na coxa,se não for nas bolas >.<
    se fosse como o magic, que possui 4 formatos mais jogados: Vintage, Legacy ( vintage e legacy são quase a mesma coisa mas muda algo no vintage que é o fato que pode usar as cartas caras estilo black lotus que custa 5 mil uma, mas é restrita.), Modern e o Standard, yugi teria uma dinâmica pro jogo bacana, quem não gostaria de jogar com alguma carta que tá mofando na pasta/caixa? e o magic ainda por cima tem outros formatos casuais que são bastante jogados, como o commander e o pauper.
    Resumindo,Yugi é legal sim,mas o que é chatp é o fato de ficarmos presos a apenas um formato e deixando tudo monotomo, eu pessoalmente acredito que com a existência de outros formatos, ninguém vai ter uma apreeensão tão grande com a banlist.
    E claro, ótima matéria Anzini.😄

    • Bruno Raphael de Almeida Dias
      julho 17, 2012 às 10:20 pm

      sem dúvida o tiro vai nas bolas eajoieasjoie, pra ruim e pra surpresa tb (oi bls)

    • Bruno Raphael de Almeida Dias
      julho 17, 2012 às 10:28 pm

      sem dúvida o tiro vai nas bolas eajoieasjoie, pra ruim e pra surpresa tb (oi bls), o Buba falou a coisa mais certa do mundo: os metas atuais batem entre si mas deixam pra trás os outros (MUITO pra trás), queria saber se os infernity players ainda tão satisfeitos com 300 conto de infernity barrier que hj nem assusta tanto … Isso meio que me assusta pq eu jogo desde os 6 anos (eu tenho 17 rs) e eu sempre joguei com deck dark da vida, maior alegria da minha vida foi zumbi ganhar muita carta boa , depois montei um deck de gigaplant e fiquei fissurado por plantas… Acho que tá faltando isso, diversidade de decks, pro player poder ter aquela opção de montar o deck que combina mais com ele… E eu acho esses arquetipos atuais muito rápidos, realmente complica muito jogar com algum mais old school… Só torço pra ban list parar de viadagem com synchros só p venderem mais exceeds

  11. Pikachu
    julho 17, 2012 às 5:29 pm

    Cara eu concordo completamente com vc, mas acho q a konami n vai faser isso, como ela visa os lucros ela provavelmente vai transformar alguns decks em for fun e trazer outros decks OP’s pra poder obter mto mais lucros com as pessoas q irão abandonar seus antigos decks para faser outros para continuar ganhando u.u .

  12. Buba
    julho 17, 2012 às 6:10 pm

    Olha, corconco com você em parte. Concordo plenamente que a Konami deveria fortalecer decks Tier 2 liberando cartas como Kalut, Mezuki e até mesmo o Rescue Cat (se bem que nesse caso ela teria que nerfar os WU, porque dá pra fazer 232324234354871661189 de combos apelões com eles), mas discordo da parte de não fazer nada para prejudicar os metas. E não porque eu sou meta hater, mas justamente pra ajudar decks tier 2 a subir (como disse o amigo lá em cima) e a diversificar mais o jogo. Pow, como o jogo vai variar o metagame se tem um deck que consegue chamar 3 monstros de 2500 ATK + , outro que invoca um Solemn Judgement com pernas com uma carta, um que limpa o campo inteiro do oponente e outro que acaba com a mão do adversário? É claro que esses decks podem competir entre si, mas fica complicado para outras temáticas se darem bem. Nessa hora que eu acho que a banlist devia agir, não pra destruir esses decks, mas sim pra dar uma segurada neles e possibilitar que mais decks consigam se dar bem.

    Quanto ao negócio dos meta haters, apesar de achar que você exagerou um pouco, concordo com você na essência do negócio. Véi, se o cara odeia decks fodase não quer enfrentá-los, pra que aparecer em torneios e tentar montar um deck IRL? Assim como todo card Game, é ÓBVIO que yu-gi-oh tem um metagame, porque os players que levam o jogo a sério querem ganhar torneios e para isso usarão o melhor deck o possível! Não tem jeito, se não gosta disso, faça como eu e ache uma galera que gosta de montar decks diferentes e criativos para brincar e jogue com eles. Agora querer que os jogadores profissionais usem decks diferentes e mais fracos em prol da criatividade é a mesma coisa que falar que os jogadores de basquete deviam jogar com pé de pato ao invés de usar tênis especiais porque é mais criativo. Resumindo, não chiem e façam o que gostam.Minha opinião.

  13. Allan
    julho 17, 2012 às 7:01 pm

    agora que a konami lançou o deck de six samurai, tem chançes do Legendary Six Samurai – Shi En ou alguma outra carta de six samurai ser limitado ou banida???

    • Lucas Nogueira
      julho 17, 2012 às 11:20 pm

      talvez não nessa mais não vai demorar muito na verdade vejo que a Konami vem querendo promover o deck six samurai assim como wind-up (lançar o poderoso Zenmaines super e o rabbit foi sacanagem com alguns colegas meus que se gabavam kkk) , que por si é um deck muito bom mais fica atrás do do dino rabbit ,inzektor e chaos dragon.

  14. julho 17, 2012 às 7:53 pm

    Um verdadeiro duelista pode superar qualquer dificuldade que apareça pela frente, não importando qual seja. É até bonito falar isso, mas quando a dificuldade envolve grana, aí fica complicado. Mas nossa melhor arma é a criatividade, se souber usar, ahhaa filho ninguém te segura.

  15. Lucas Nogueira
    julho 17, 2012 às 11:04 pm

    a dificuldade de conseguir certas cartas é que fazem o jogo yu-gi-oh! emocionante!não vou negar que fiquei muito triste quando detonaram o deck chaos em 2005 ,eu tinha um deck épico na época com yata,bls e ced , ganhei 3 campeonatos com ele aqw na minha cidade.Tenho que confessar que antigamente o duelo era muito mais emocionante era mais na marra , era muito emocionante invocar aquele dragão branco no campo kkk mais hoje em dia os deck meta são realmente destruidores contra decks fun não da a minima chance mais o problema vai quando dois decks metas se enfrentam sendo dois jogadores experientes o duelo e mais decidido na sorte porque jogadores realmente experientes não erram.ja tenho 12 anos de yu-gi-oh! comecei a colhecionar com 8 anos de idade e nunca parei no começo era muito dificio conseguir as cartas hoje compro cartas praticamente todo mes preocupado com a ban só espero que minhas 3 tour guide continuem jogaveis pois foram muito caras kkk mais para falar a verdade to gostando mesmo e dos campeonatinhos que organizamos a que sem ban list so que podendo usar apenas 1 das banidas , é muito apelam mais é super emocionante jogar com todas as cartas e vencer decks super apelões! cinto que essa diversão ta se acabando…

  16. SeanSorin
    julho 18, 2012 às 10:28 am

    eu compreendo perfeitamente que muitas pessoas não tem como montar um deck mais forte, por isso jogam com o que pode, e muitas vezes tem ótimos resultados, por que apesar de faltar condições sobra conhecimento, e ainda assim você pode ser um ótimo player.

    exatamente o meu caso😀

    obs: opções não tem “i” xD

  17. gabrieligorr
    julho 18, 2012 às 11:25 am

    Primeiramente Anzini parabéns pelo post!!!
    Entendi o que quiz dizer e concordo acho que o jogo deveria ficar como está,hoje acredito que todos os decks metas
    são altamente competitivos entre si ,quando falamos isso temos que lembrar que YUGIOH e qualquer outro jogo é assim!!!
    Sempre vão haver cartas fortes e cartas fracas,eu pelo menos levo a coisa a sério si quero jogar quero ser o melhor
    não pra me Autovalorizar ou algo do genero mais si estamos falando de um jogo o legal não é vencer???Sempre vão haver decks
    FORTES o legal é que existem (VARIOS) que gera uma forte concorrencia entre os players,não temos nenhum deck soberano hoje
    todos si batem igual e é como o Anzini disse em um encontro direto de qualquer um desses decks um contra o outro o vencedor vai ser definido
    pelo side, pela sorte ou pela experiência .Si está assim competitivo pq mecher?
    Quanto ao BANLIST acho que deve existir sim para poder equilibrar as coisas mais nesse ano não vejo o que mudar !!!
    Acho que assim está rodando legal tanto que nos campeonatos não é sempre o mesmo que vence!!!

  18. Mateus Almeida
    julho 18, 2012 às 11:36 am

    O negócio é que vai sair o Gear Gigant X no próximo booster e meu Machina vai bater muito na cara dos metas ai…

  19. Sérgio Henrique
    julho 18, 2012 às 11:56 am

    Concordo em parte com a análise, mas existem cards que sozinhos afetam o jogo e esses são os problemas da atualidade do jogo. Sempre que cards com condição de vitória são criadas ou combinadas em decks exclusivos vão para a lista de banidas. Digo que o caso atual é a Final Countdown… Outra percepção são nos cards que sozinhos fazem a diferença. Como exemplos: o Soldier, o Reborn, o Dark Hole, a Tsukuyomi, o Tribe Infecting Virus, etc., foram sendo controlados pela lista em suas épocas e hoje muitos vem retornando e ficando até semi limitados ou até podendo o uso de três (caso clado do Call e dos fantásticos Typhoon), vez que não fazem mais aquele impacto (alguns parece-me que retornarão com o tempo), não possuíamos fusion deck, era apenas para a metamorphosis (tinha gente que tinha um fusion de 80 a 90 cartas! Hoje ela poderia voltar também ficando a um, extra deck em 15 cartas…), além de não existirem Xyz e Synchros. Hoje temos exemplos de Gale e Kalut ambos a 1, gale poderia ir a dois, como ocorre com a Lumina e Honest (e esse funciona em qualquer Light, Kalut é único para BF e com aumento de atk de 1400 sempre), seria interessante ver deck antigos voltando com força, quem não jogou com 3 Mezukis e Brionac!!!! Todavia a Konami é brilhante na estratégia de marketing e eu aplaudo sua genialidade impressionante e por isso parece que veremos novidades negativas na lista no lugar de felizes surpresas, somente concluindo, o exemplo absoluto de cards que sozinhos afetam o jogo hoje é a Future Fusion, eu realmente acreditei que iria ser banida a um ano atrás, quando o Hero americano ganhou o The Shinning e agora em agosto o Escuridão, agora então, onde parte dos decks estão equilibrados ela sozinha ganha para o deck Dragão e acelera os Heros, sem ela os Dragões jogam bem, com ele ganham o jogo na hora ou no próximo turno…

  20. Robson
    julho 18, 2012 às 1:04 pm

    Cara, já parou pra pensar se é saudável pro jogo um deck fazer um +3, +4 num turno DO NADA, sem muito esforço? E dumpar 5 dragões e colocá-los em campo fácil? Ou limpar a mão do oponente sem reação?
    Diversidade? Onde? Inzektor, Chaos Dragons e coelhinhos são muito mais jogados que os outros decks que você citou, sabia? E que Inzektor é ainda mais jogado no OCG (onde a lista se baseia mais)?
    Pra mim a ultima lista já ficou uma bagunça do caramba e jogada de marketing quando MATAM Synchros (sem Trishula, sem Goyo, sem tuner decente), destroem demais as plantas, Agents, Blackwings…
    Se é pra pregar diversidade de decks, que tragam os Syncros e outros decks de volta. E se é pra ter algum sentido nessa lista, que matem Dragonfly/Hornet e todos os decks metas. Afinal, se já foi feito na lista passada (deixando “apenas” as cartas dos sets recentes, o que faz sentido), por que seria errado matar o meta atual e dar espaço a novos decks?
    Se os haters dos “meta haters” tem um pouco de consciência, saberiam que trazer os decks que a lista matou injustamente traria mais diversidade ao jogo.

    • Sérgio Henrique
      julho 18, 2012 às 1:43 pm

      A Konami fez isso com todos os Tuners sem custo de re-invocação e os que gratuitamente aumentam sua mão e dão vantagem de campo e cemitério para vender os Xyz, acabou com os Synchros de propósito (jogada fascinante para renovarmos os extra decks e os decks em si, bom dinheiro ganho). Se leu o que escrevi eu vejo que a Future Fusion já deveria ter sido banida a mais de um ano agora, também nas cartas que ganham o jogo sozinhas ou que fazem loops ou que controlam o campo facilmente são pegas pela lista. Eu não gosto de fazer previsões, guardo as minhas ideias e arrisco nos meus pensamentos para ganhar dinheiro nesse meu hobby. Por óbvio muita coisa vai mudar para os novos decks sendo bom para os antigos e muito ruim para os atuais e não me interessa o que a Konami fará ou tem que fazer, o jogo é deles e eles sabem muito bem no que estão trabalhando para ganhar dinheiro e chamar jogadores novos e renascer os antigos. Minha única dica, para todos, é a seguinte: Aprendam a evoluir, não se peguem à cartas de papel, vivam a vida e joguem esse e mais jogos estratégicos, é o que faço desde minha infância e Yu-Gi-Oh é fascinante se você for esperto, se não consegue migrar com facilidade ou evoluir sinto muito, mas não terá nada nesse jogo e muito menos na sua vida, quem se apega ao passado, não vive o presente e não se preocupa com o futuro são apenas pessoas irrelevantes. Cresçam…

  21. julho 18, 2012 às 1:28 pm

    Sinceramente,concordo em genero,numero e grau com o texto.Talvez eu so Tirasse algo de cada deck top,n a ponto de matar o deck,mais pra deixar os decks tops no mesmo patamar dos decks medios,Como Tirar 1 RDMDM,1 Grapha…Mais Otimo Texto

  22. julho 18, 2012 às 3:02 pm

    Achei o poste bem legal e fiquei intretido ^^
    concordo plenamente na ideia de não limitar ou banir cartas chaves para dos meta decks.
    Pois se vc pensar bem o jogo hj esta equilibrado , oque eu faria se eu cuida-se da banlist seria banir ou limitar aquelas cartas q simplesmente não servem para nada como aqueles milhões de normal monstros que vc incontra quando vai procurar cartas no DN no ads e em varios outros , elas são cartas antigas do tempo q podia invocar um blue-eyes sem tributo e galera falava: ooooh o/. Essas cartas só servem pra tomar espaço em boosters e fazer a konami lucrar. Eu acho que deviriam substituir a maioria delas por cartas de efeito e que possuam alguma ultilidade… Tambem acharia legal que pudesse 3 Pot of Avarise ou iventacem alguma carta uma carta generica que tenha semelhança com pot of avarise exemplo: Volte 5 effect monsters do graveyard para o deck e puxe duas cartas, isso consertesa daria um up em varios decks q já foram muito bons.

    se alguem leu isso tudo, dou os parabéns e gostaria de saber sua opinião ^^

    • julho 23, 2012 às 1:32 pm

      Dark World :
      Achei o poste bem legal e fiquei intretido ^^
      concordo plenamente na ideia de não limitar ou banir cartas chaves para dos meta decks.
      Pois se vc pensar bem o jogo hj esta equilibrado , oque eu faria se eu cuida-se da banlist seria banir ou limitar aquelas cartas q simplesmente não servem para nada como aqueles milhões de normal monstros que vc incontra quando vai procurar cartas no DN no ads e em varios outros , elas são cartas antigas do tempo q podia invocar um blue-eyes sem tributo e galera falava: ooooh o/. Essas cartas só servem pra tomar espaço em boosters e fazer a konami lucrar. Eu acho que deviriam substituir a maioria delas por cartas de efeito e que possuam alguma ultilidade… Tambem acharia legal que pudesse 3 Pot of Avarise ou iventacem alguma carta uma carta generica que tenha semelhança com pot of avarise exemplo: Volte 5 effect monsters do graveyard para o deck e puxe duas cartas, isso consertesa daria um up em varios decks q já foram muito bons.
      se alguem leu isso tudo, dou os parabéns e gostaria de saber sua opinião ^^

      Cara você tem probleminhas…

  23. julho 18, 2012 às 7:24 pm

    Putz, foi feita apenas uma menção ao bani list já gerou discurção, imagine ser sair a lista de setembro, isto vai pegar fogo (hahasuaha…).

  24. Phreedon
    julho 18, 2012 às 8:34 pm

    Imagine que legal seria jogar Yugi se existissem dezenas de decks competitivos COMPLETAMENTE diferentes e EXATAMENTE com a mesma força😀
    Esse problema do metagame não deveria ser resolvido com a banlist e sim na produção dos cards😀

  25. o.o
    julho 19, 2012 às 3:05 pm

    o que normalmente acontece com o meta:
    -a konami lança um deck fodatico o deck ganha tudo e todos querem fazer o deck
    -todos que não jogam com o deck querem que a banlist o afete
    -chega a banlist e a konami não faz nada sobre talvez tire algo mas que realmente não faça muita diferença
    -o deck continua ganhando tudo e novas estrategias são feitas e a konami continua ganhando dinheiro com o deck.
    -konami começa a não ganhar tanto dinheiro com o deck
    -konami faz as cartas do deck mais baratas pra quem ja viu o deck ganhar uma vez querer ganhar também e para a konami ganhar mais dinheiro.
    -konami fode o deck de vez
    -konami lança outro deck fodastico

    • adrianosargento
      julho 19, 2012 às 9:08 pm

      Cadê a porra do botão “curtir esse comentário”?

  26. White Knight
    julho 20, 2012 às 2:23 am

    Deixem meu grapha quieto…

    Agora, coelho, hornet e guide a 2 ja seria algo bom pra todos.

  27. Arkantos
    julho 20, 2012 às 6:27 pm

    Eu acho que a list deve sim equilibrar o game como sempre fez. Pq eu ja to cansado de ver sempre os mesmo reports de torneio com os mesmos deck, tah ai vc pensa ah mas é o melhor deck da atualidade, mas isso é pq eles não tem limites 3 disso 3 daquilo e outros 3 daquele outro ai o deck fica bom mesmo.
    Mas por outro lado concordo com o anzini que velhos deck deveriam retornar pq ja faz um bom tempo que muda os deck mas por incrível que pareça continua sempre a mesma coisa.
    Mas se formos pensar bem, o máximo que podemos fazer é esperar afinal o meta game vai ser sempre meta game e o que virou 4Fun dificilmente volta a não ser que um kra peitudo vença um torneio ai ja vira meta de novo. Coisa de loco!
    Ótimo post Anzini parabéns.

  28. julho 21, 2012 às 2:47 pm

    eu ERA um Meta Hater pq axo mt apelao mas ja q nam consegui fazer otro deck q derrotasse os metas (tentei de TUDO pra derrotar o deck Six Samurai de um amg) nao consegui ae como dizem se nao pode vence-los junte-se a eles fiz um deck six e agora to com Hieratic, Six Samurais, Chaos Dragons, Dragunity, Dino Rabbit e outros..

  29. julho 23, 2012 às 1:50 pm

    Discordo com o anzini sobre dizer que o meta está equilibrado, pois isso não é verdade vamos analisar (BY: ME :D) por partes…

    Inzektor (meta top Tier 1.0):

    Destrói praticamente todas as cartas do campo do oponente gerando até -4 para o oponente enquanto o seu usuário fica com +2 ou +3 ficando com vantagem tanto de campo como de mão.

    Dino Rabbit (meta top Tier 1.0):

    Deck de pesado controle de campo com seu negador chave evolsar laggia, dito por muitos como “Solemn judgment de pernas”, facilmente invocado por rescue rabbit onde se gasta apenas 1 carta para summon dele, enquanto seu oponente perde -2 ou até -3 cartas para tirar laggia de campo.

    Wind-Up (Meta top tier 1.0):

    Loop ABSURDO de envio da mão do seu oponente ao grave sempre que executado com sucesso, o oponente leva um penalidade de -3 á -5 da sua mão, ou seja totalmente broken pela parte do wind-up hunter.

    Chaos Dragons (meta top tier 1.0):

    Deck que abusa do REDMD e Lightpulsar gerando um pesado beatdown e uma swarm de summons de campo com baixo custo de invocação, se a future fusion vier de openning hand
    90% de chances de OTK.

    Analisando esses deck se percebe que não há equilíbrio, em relação aos decks tier 1.5 (HEROS,Dark World, Six Samurai) e muito menos aos restantes, por isso SIM é necessário Banlist não por ser um meta hater, (até por que eu jogo com meta mas mesmo assim sei que é broken), mas para que exista equilíbrio mais convincente no jogo.

    • Henrique
      julho 25, 2012 às 6:36 pm

      O que você falou é verdade, mas lembre-se, a Konami nao cria a lista para equilibrar o Meta com o 4Fun, mas sim equilibrar o Meta com o Meta, e o Meta em si jaesta equilibrado, consegue pensar o que acontece se Chaos Dragon ficar so com um REDMD?
      O Deck trava, e sai do Meta, o mesmo com Wind-up Hunter ou Dragonfly.

      Se um desses Decks sai do Meta, no formato atual, não haveria quem o substituir, e o que aconteceria é o que aconteceu na ultima parte da Era Syncro, só um deck Meta, só um Tier 1, o resto meramente competitivo.

      Por isso concordo com tudo que o Anzini disse, deixe como está, so solte um pouco os decks Tier 2 com BW, Zombie, Liightswirn e Infernity (desde de quenão coloquem Gale a 2), afinal, mesmo que eles dificilmente cheguem no verdadeiro Tier 1, eles serão capazes de diversificar (ainda mais) o Meta.

      E todo mundo reclama da ultima Banlist, mas alguem ja penso o que aconteceria sem ela?

      – Com Spore, Glow-up e Tengu liberados, ia ficar MUITO difícil remover o Tengu Plant do Meta, o que só ia estagnar mais o jogo do que ja estava.
      – Trishula NUNCA deveria ter sido criado com aquele efeito, ja que se invocado no meio do duelo, ele vencia praticamente sozinho, acabava com a mão, Grave e Field do adversario sem mais nem menos, simplesmente acabando com qualquer controle feito pelo adversario e jogando ele pro saco.
      – Os Agents continuarim a encher o saco no OCG, até que no TCG alguem repara-se neles (denovo) e desequilibrassem o Meta a ponto de colocar Tengu Plant ainda mais la encima.

      Com isso concluo fazendo um apelo que posto em todos os Blogs pelo qual passo, alguem manda uma Build Ice Barrier ae!

      • hidan777
        julho 30, 2012 às 10:03 pm

        Nossa velho dizer que o meta está equilibrado? que mundo você vive? você participa de torneios oficias na sua cidade? pois de todas as pessoas que eu conheço e que jogam yugioh em torneios oficiais, sabe que o meta está BROKEN e muito longe de está equilibrado…

  30. agosto 8, 2012 às 4:41 am

    Eu particularmente estou feliz com o cenário atual e a limpeza que a Konami está fazendo da era synchro.
    Como eu afirmei no 5Ds Brasil lá atrás, os XYZ vieram para equilibrar o jogo novamente e arrumar os erros que existiam antes (que eram mais facilmente solucionáveis com a banlist).
    Mas para isso, primeiro, tem-se que “limpar a casa”, coisa que a Konami está fazendo.
    Vocês estão reclamando, mas repararam em duas coisas?
    Primeiro, dois metas são de arquétipos que até então eram totalmente ignorados pelos jogadores, Dragão e Inseto, sendo que Inseto foi desde sempre humilhado e taxado de fraco, a Konami fez com os dois o mesmo que fez com o Planta na era anterior, mas com um sucesso muito maior e sem errar a mão deixando muito desequilibrado. (porém, o desequilíbrio nem foi culpa dos Plantas, e sim daquela desgraça em forma de Dragão).
    Segundo, ao contrario da era anterior, os jogadores agora estão “dependendo dos monstros para vencer”, na era anterior bastava ter um Extra Deck forte e botar qualquer coisa lá que fizesse estrago suficiente, e os Plantas caíram como uma luva nesse quesito. Os Synchros não caíram por causa da banlist, eles caíram pois os jogadores ficaram sem os “Synchros chave para a vitória certa” e assim não conseguiram se adaptar indo para o lado mais fácil, ou seja, achar “XYZ chave para a vitoria certa”.

    O ponto aqui é que “não existem XYZ chave”, todos eles têm uma fraqueza muito grande, o numero limitado de Overlay Units (gosto deste nome, deveria ser oficial no TCG, não XYZ Material). O monstro pode ser o pica das galáxias, como o “Apocalipse em forma de Satélite” (Number 9), mas ele só terá duas ou no maximo três Units, isso limita demais as ações que um monstro assim pode fazer, e a Konami está maneirando muito no quesito “recarga”, tanto que foram apenas três cartas lançadas com essa possibilidade, sendo uma um Equip (tipo de carta ah muito tempo ignorada pelos jogadores).

    Essa lista fortalecerá mais ainda os XYZ e abrirá caminho para outros decks esquecidos poderem ter força (Normal, Ojama, Gadgets, Thunder entre outros) como já aconteceu com Plant e Fairy (que se tornaram decks de respeito ao invés de “Deck do Weevil e Deck da Tea) e já está acontecendo com decks de Fogo (e seus arquétipos, só falta minha linda Ring of Destruction voltar). Água (porra, um protagonista desta temporada joga de Fish).Terra (decks defensivos estão sendo muito favorecidos) entre outros.

    O problema está em falta de adaptação por parte dos jogadores, as pessoas querem “a coisa fácil”, querem “a carta que vai vencer o duelo”.
    Porra, UM SYNCHRO foi proibido, o deck de Planta inteiro ainda está ai, por que não adaptá-lo para os XYZ? Agora os Syx Samurai têm XYZ exclusivo, bora pensar Guerreiros. Se os duelistas começarem a pensar assim (coisa que já está acontecendo), logo os Synchros proibidos serão liberados e teremos duas forças poderosas no Yu-GI-Oh disputando a supremacia, coisa que acontece mais ou menos no Magic.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: